Margaridas apresenta Ritmo de Forma Silenciosa

Cartaz_sescMargaridas Companhia de Dança apresenta o espetáculo “Ritmo de Forma Silenciosa” que é a oitava obra do repertório da companhia. Margaridas é de Brasília desde 2004.

O processo de criação das obras de Margaridas se fundamentam na tradução da literatura para a dança. Autores como Jack Kerouac, Langston Hughes serão traduzidos para os gestos de dança. Já que a temática, para este trabalho, foram os direitos e liberdades civis e o movimento cultural e artístico do Jazz. As músicas escolhidas provocam um significativo diferencial para as coreografias, o público poderá se encantar e se emocionar com Nina Simone, Serge Gainsbourg, além de ver e ouvir o maior ícone do Jazz John Coltrane na sua obra mais aclamada e conhecida “My favorite things”.

O espetáculo foi criado por três coreógrafos de consolidada carreira artística: Cleani Marques Calazans, Édi Oliveira e Laura Virgínia. Cada um focou sua visão no tema, dividindo o espetáculo em três partes distintas – Cleani trilhou os paradoxos liberdade/ restrição; apatia/ vibração; direito de ir e vir/ movimentos cerceados; Édi mergulhou nas sonoridades e texturas do jazz e na liberdade/ prisão da expressão e Laura, que também é diretora e dança o espetáculo se inspirou em três mulheres e suas ações revolucionárias: Rosa Parks, Angela Davis e Nina Simone – “o sistema sucumbirá (já dizia Marx), mas só quando alcançarmos nossas liberdades privadas e públicas” diz Laura Virgínia.
Destaque, ainda, para quem dança ao lado das coreógrafas Cleani Marques Calazans e Laura Virgínia, os dançarinos Andi Vargas e Júlio César Campos, A iluminação é de Marcelo Augusto Santana que é diretor técnico do espetáculo.

A Companhia Margaridas foi criada em Brasília, em 2004, com o propósito de pesquisar, realizar e divulgar criações desenvolvidas a partir do trânsito do corpo que dança em diálogo com o corpo textual que provocam novas maneiras de pensar e fazer a dança contemporânea.
O repertório de obras, tanto espetáculos quanto videodanças, foram apresentados em palcos, espaços públicos, festivais, mostras e projetos artísticos no Brasil e no exterior. Nos anos de 2009 e 2012, recebeu o Prêmio FUNARTE de Dança / Klauss Vianna.

A Diretora Laura Virgínia, diretora, coreógrafa e dançarina do espetáculo “Ritmo de Forma Silenciosa” é criadora e coreógrafa-residente da Companhia Margaridas, é mestre em Artes pela Universidade de Brasília – UnB. É artista de dança há mais de vinte anos com uma vasta produção multimídia. Em 2010, foi contemplada com a bolsa FUNARTE de residência em artes cênicas, em Londres, Lisboa e Brasília, realizando quatro videodanças em co-criação com artistas nacionais e internacionais, compondo a série “Pequenas Criaturas”. Seu primeiro livro “Buquê” foi lançado em 2006.

Dias 4 a 6 de dezembro (sábado, às 21h, domingo, às 20h)no Teatro SESC Garagem, 713 sul
Indicação livre para todos os públicos.
Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia‐entrada para professores, estudantes e idosos)
Ingressos antecipados R$ 10,00
comprar: 9247 9788/ 8464 2407
Patrocina e Apresenta FAC – Fundo de Apoio à Cultura SEC/DF
Parcerias Culturais
Mariana Tecidos
Dos Voos produtora
Gyrotonic Sudoeste
Studio de Dança Regina Maura
Academia Ritmos
Escola de Dança Noara Beltrami

Ficha Técnica de Ritmo de Forma Silenciosa
Direção: Laura Virgínia
Coreógrafos: Cleani Marques Calazans, Édi Oliveira e
Laura Virgínia
Assistente de Direção / Ensaiador: Beneto Luna Reis
Dançarinos: Andi Vargas, Cleani Marques Calazans, Júlio César Campos e Laura Virgínia
Diretor Técnico e Iluminador: Marcelo Augusto Santana
Cenografia: Luísa Lemos
Figurinos: Édi Oliveira e Laura Virgínia
Produção: Cleani Marques Calazans, Jaqueline Marques, Luísa Lemos, Nityama Macrini
Designer Gráfico: Fabiano Aruaruna
Registro em Fotografia: Anderson Corcino e Patrick Grosner
Registro em Video: Luísa Lemos
Assessoria de Imprensa: Casa de Redação
Trilha Sonora:
John Coltrane “My favorite things”;
Nina Simone “Ain’t got no/ I got Life” , “Feeling Good”, “Missisipi Goddam”, “My baby just cares for me”
Serge Gainsbourg “Wake me at 5”
Django Reinhart “Minor Swing”
Charles Mingus ” Goodbye Pork Pie Hat”
Textos utilizados:
Jack Kerouac “American Haikus”
Langston Hughes “Segunda em Si bemol”

https://www.facebook.com/margaridasdancabsb/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s