Temporada Buquê

Postado em

Margaridas Dança apresenta espetáculo Buquê
Inspirado nos poemas de Laura Virgínia reunidos em livro homônimo, projeto estréia no SESC Ceilândia

14 e 15/10,
no Teatro Newton Rossi
SESC Ceilândia

25 e 26/10
no Espaço Cultural Paulo Autran
SESC Taguatinga

27 a 30/10 no espaço Mosaico

“Envelhecendo
Quero olhar tudo de perto
De perto do coração”

O Margaridas Dança estréia em outubro o espetáculo Buquê, baseado em livro homônimo da coreógrafa, diretora, bailarina e escritora, Laura Virgínia, recém chegada de uma residência artística em Londres que mescla diversas linguagens artísticas: dança, literatura e música
Margaridas Dança, criado em 2004 que estreou sua primeira performance no Curto Circuito de Poesia em Brasília. objetiva pesquisar, produzir e divulgar criações desenvolvidas a partir da transdisciplinonaridade da dança, literatura, música, videodança e performance.
Em Buquê, o público se depara com quatro momentos trazidos originalmente do livro para o palco. “São aromas poéticos representados no espetáculo por estados energéticos distintos. Cores, poemas, música, coreografia, figurinos transmitem emoções mescladas com a palavra propriamente dita. Recital dinâmico dos poemas reunidos”, explica Laura Virgínia.
Como é característica do grupo usar tanto da obra literária quanto da biografia como inspiração na criação dos espetáculos, em Buquê não é diferente a própria diretora se atualiza em cena numa retrospectiva autobiográfica utilizando estéticas presentes na sua carreira: balé clássico, moderno, contemporâneo e até jazz. “A mistura divertida desses elementos foi elaborada afim de criar uma estética própria – uma dança-kitsch”, diz a diretora. Também fragmentos de outros espetáculos – Campo de Flores (2004), Tu não de moves de Ti (2005) e Samambaia (2009) – foram incorporados à coreografia, de maneira quase imperceptível ao espectador. O Margaridas Dança já produziu diversos espetáculos baseados na obra literária de autores como Clarice Lispector, Hilda Hislt e a americana Elisabeth Bishop.
A idéia do espetáculo surgiu em comemorar os 20 de carreira da coreógrafa Laura Virgínia, num espetáculo onde mostrasse essa característica multimídia inquieta e apaixonada da diretora.
O espetáculo será apresentado no SESC Ceilândia, SESC Taguatinga e Espaço Mosaico durante o mês de outubro (vide serviço). Na entrada, as pessoas receberão um exemplar do livro “Buquê”, lançado em 2006. Uma maneira de aprofundar ainda mais essa conexão entre linguagens que o Margaridas Dança propõe.

Ficha Técnica:
Elenco:: Andréia Tang, Beneto Luna Reis, Cleani Marques Calazans, Júlio Cesar Campos e Laura Virgínia
Direção e Coreografia: Laura Virgínia
Pesquisa Coreográfica: elenco
Assistente de Direção: Janaína Bizinoto
Treinamento Corporal: Lívia Bennet
Treinamento Psico-energético: Pedro Sangeon
Figurino: Andrea Patzsch
Cenografia: Tereza Ribas
Diretor Técnico e Projeto de Iluminação: Marcelo Augusto
Design Gráfico: Erika Pacheco
Fotografia: Patrick Grosner
Trilha Sonora: Laura Virgínia
Assessoria de Imprensa: Tato Comunicação / Jaque Dias
Estagiárias: Beatriz Miranda e Luísa Lemos
Produção: Margaridas Dança
http://www.margaridasdanca.wordpress.com

Blog residência artística de Laura Virgínia

Postado em Atualizado em

Processos Composicionais para Videodança é o blog da residência artística da coreógrafa Laura Virgínia, visite essa experiência!!!

videodança Abs 8 – S3 – x0

Postado em Atualizado em

LANÇAMENTO

Ab8 – S3 – x0

eixo monumental dos prazeres –saída sorte

Segundo videodança do grupo realizado pela diretora e coreógrafa Laura Virgínia retrata um lugar fictício em Brasília onde  desconhecidos dançam na busca de se auto-conhecer

Dia 1º de Fevereiro, no Instituto dos Arquitetos do Brasil.  Entrada franca.

Dança e vídeo são campos de informações onde o cruzamento leva a um ambiente propício para criar uma linguagem híbrida: o videodança. E dentro desse universo rico de possibilidades, nasce o segundo trabalho do grupo realizado pela diretora, coreógrafa e dançarina do Margaridas Dança, Laura Virgínia: Abs8-S3-x0, eixo monumental dos prazeres – saída sorte. Patrocinado pelo FAC – fundo de apoio à cultura/ secretaria de cultura do DF, o videodança será exibido durante o lançamento avant premiere no dia 1º de fevereiro, no IAB – Instituto dos Arquitetos do Brasil.

“A pluralidade de linguagens, cada vez mais comum no ambiente digital/virtual que vivenciamos, possibilita incluir espaço, movimento e corpo. Espaços às vezes não possíveis em cenas fechadas de teatros; corpos além do físico como objetos e fenômenos da natureza e ângulos de movimentos que o corte da câmara possibilita outra leitura que dificilmente o olho humano conseguiria editar”, explica Laura Virgínia, contemplada com a bolsa residência artística da FUNARTE para Londres,  Lisboa e Brasília onde realizará quatro videodanças sobre a temática do tempo.

O ponto de partida da criação é o endereço fictício Abs8 – S3 – x0, eixo monumental dos prazeres – saída sorte. Esse junção de códigos de endereços, tão comum apenas para quem vive em Brasília, é um localizador de encontros, de inícios de relações.  Local onde  os olhares, a fantasia, a possibilidade do afeto acontece. A dança é a língua falada nessa localidade. O abraço de desconhecidos pode fazer cair as máscaras e os disfarces que a vida cotidiana exige. E os localizados de Abs8-S3-x0 podem livremente ser mais do que pensam ser.

Como inspiração foi usada a frase de Clarice Lispector – Brasília é o futuro que aconteceu no passado, o videodança  retrata o passado se utilizando de elementos do tango e das marchinhas, dos anos 40 e a contemporaneidade na coreografia executada.  É como vivemos em Brasília em uma arquitetura urbana modernista. O que é viver hoje numa construção de um passado que na época era um ideal de futuro?

Serviço
Lançamento do Vídeodança Abs8-S3-x0, eixo monumental dos prazeres –saída sorte
Dia 1º de fevereiro, estreia 19h30
Sessões de exibição, às 20h, 20h30, 21h e 21h30
Local: IAB – Instituto dos Arquitetos do Brasil/DF
SGAS, Quadra 603, Lote 21, av. L2 Sul
Entrada franca
Patrocínio: FAC – fundo de apoio à cultura/ secretaria de cultura do DF
Apoio:
CDPDAN/UnB – coletivo de documentação e pesquisa em dança – eros volúsia
espaço moulage – atelie de criação em moda
verdurão
A Verdurão apoia o Margaridas Dança e estará vendendo o videodança e a camiseta:
visitem a loja: verdurão www.vrdr.com.br
Valor do vídeo – R$ 15,00
Combo: camiseta + vídeo – R$ 40,00
 
Ficha Técnica
Direção, Coreografia e Roteiro: Laura Virgínia
Elenco Margaridas Dança Andréia Tang, Cleani Marques Calazans, Janaína Bizinoto, Júlio César Campos, Laura Virgínia e Sérgio Marabocaiala
Convidados Alexandre Nas e Oscar Ricarte Dalvi
Produção: Janaína Bizinoto
Direção de Fotografia: Cícero Bezerra
Figurinos: Andrea Patzsch
Edição: Aluízio Alves
Assistência de Produção: Luísa Lemos
Design Gráfico Erika Pacheco
Categoria videodança
Classificação Livre
Brasil, Brasília, 2011